PT usa cofres públicos para pagar defesa de Lula, acusado de roubá-los

O PT utilizou aproximadamente R$ 6 milhões do fundo partidário , retirado dos cofres públicos públicos, para pagar a defesa de Lula, acusado de roubar os mesmos cofres públicos.

Outros dirigentes petistas, velhos conhecidos do noticiário sobre corrupção petista, como Delúbio Soares, João Vaccari Neto, Paulo Ferreira etc também usaram dinheiro público para pagar suas defesas.

As informações foram publicadas nesta sexta-feira (4) pelo jornal Folha de S.Paulo, em reportagem de Felipe Bächtold.

O fundo partidário é dinheiro público, destinado aos partidos, e deve ser direcionado para a manutenção da estrutura da legenda, como o pagamento de água, luz, aluguel e passagens aéreas, para financiar campanhas eleitorais e processos judiciais e administrativos de interesse partidário.Leia Mai

De acordo com a reportagem, os recursos públicos utilizados pelo PT teriam sido distribuídos ao longo dos últimos cinco anos para escritórios de advocacia.

As despesas foram incluídas nas contas do partido como “serviços de consultoria jurídica”.

catufm

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *