Alvaro vê vingança do TCU contra combate da Lava Jato à corrupção

Ao declarar solidariedade ao ex-procurador Deltan Dallagnol e ao ex-procurador geral Rodrigo Janot, o senador Alvaro Dias (Podemos-PR), alegou que o Tribunal de Contas da União (TCU) não pode ser usado como “ferramenta de vingança contra os que combatem corrupção”. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Agora que estão soltos figurões acusados na Lava Jato, incluindo réus confessos, o TCU tem tentado converter investigadores em investigados.

Em vários países, como na Itália da “Operação Mãos Limpas”, quem ousou punir corruptos acabaram réus. E os ladrões voltaram ao poder.

Dias não citou, até porque anda indignado com a saída do ex-juiz do seu partido, mas Sérgio Moro foi alvo de investida idêntica do TCU.

Deltan Dellagnol disse que nunca recebeu ou ordenou pagamento de diárias e questionou como pode ser responsabilizado.

catufm

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *