TRT-BA aplica pena de censura a juíza por liberar R$ 50 milhões para empresa durante plantão

TRT-BA aplica pena de censura a juíza por liberar R$ 50 milhões para empresa durante plantão

Quarta-Feira, 28/02/2024 – 00h00

Por Camila São José

O Órgão Especial do Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT-BA) decidiu aplicar pena de censura à juíza Olga Beatriz Vasconcelos Batista Alves, acusada de liberar R$ 50 milhões que estavam bloqueados judicialmente em favor de uma empresa, durante um plantão judiciário. A decisão foi tomada na sessão realizada nesta segunda-feira (26). 

Embora a magistrada já tenha sido aposentada compulsoriamente em 2022 – por “prever” que ficaria doente e colocar atestados médicos -, a relatora do processo administrativo disciplinar (PAD), desembargadora Dalila Andrade, entendeu que cabia a ela nova pena devido ao reconhecimento de “falta funcional”. O voto foi seguido por unanimidade. 

catufm

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.