Casal em situação de rua queimado no Porto da Barra teve 90% do corpo atingido pelo fogo

Casal em situação de rua queimado no Porto da Barra teve 90% do corpo atingido pelo fogo

O casal Ana Paula e Adilson, que vive em situação de rua em Salvador, segue sob cuidados médicos após o “barraco” onde costumava se abrigar, no Porto da Barra, ter sido incendiado na tarde desta segunda-feira (16).

De acordo a página SSA Invisível, eles apresentam queimaduras de 3º grau. Adilson está na UTI, com 90% queimaduras que cobrem 90% do corpo e Ana permanece na emergência, com queimaduras em 95% do corpo. A Polícia Civil divulgou, na noite desta terça-feira (17), a prisão de um suspeito pelo crime (reveja). 

Na noite desta segunda, o secretário municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre), Kiki Bispo, pediu celeridade na investigação do caso (reveja). 

O crime aconteceu na semana em que se destaca o Dia Nacional de Luta da População em Situação de Rua, data que homenageia as vítimas do Massacre da Sé. Entre 19 e 22 de agosto de 2004, na Praça da Sé, em São Paulo, uma série de ataques violentos matou sete pessoas em situação de rua e deixou seis com sequelas irreversíveis. Eles estavam dormindo quando foram atingidos por golpes na cabeça. 

catufm

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *